Corra Mary
21 out 2010

Tem um cara comendo minha mãe

Quando se é pequeno, toda criança acha que o pai é o cara mais inteligente do mundo, e que a mãe morrerá virgem.

O filho ignora o fato de que a mãe para tê-lo (exceto se você for a Sasha) obviamente fizera sexo com alguém. Provavelmente com aquele cara que você chama de pai.

Ou então, como no caso de uma amiga minha, que nasceu de uma aposta da mãe com as amigas (como podem ver, a mãe dela ganhou a aposta), além de ter essa certeza, tem também à de que sua amada mãe é uma putanga de sétima, porque de quinta seria elogio.

Mesmo quando os filhos aprendem de onde os bebês vem, não passa por suas inocentes cabecinhas, aplicarem essa regra justamente a quem lhes deu a vida. Mas há um momento onde tudo muda. Um momento traumatizante, mas necessário para o crescimento pessoal: O dia em que você pega/escuta/vê seus pais no ato sexual.

Sim, porque pais também fazem sexo, e dividindo a mesma casa, alguma hora você acaba se deparando com tal situação.

E é aí que os traumas se dividem em duas partes:

  • Mamãe com o papai:

É o trauma combo. Se já não bastasse a sua mãe, tem o seu pai também. Já é ruim de imaginar um, dois então é suicídio.

  • Mamãe com o padrasto:

Pior do que imaginar seu pai comendo sua mãe, é imaginar sua mãe sendo comida por um cara que nem seu pai é.

Não importa a idade em que o filho faz tal descoberta, o trauma bate sempre igual. Seja com 4 ou 40 anos, pegar os pais fazendo aquilo que você não gosta nem de pensar, é um trauma único.  Ok, é necessário, é importante, mas acho que se filho viesse com manual de instruções, deveria existir um capítulo só para isso:

Olá, futura mamãe, parabéns, você acaba de adquirir seu mais novo problema pelos próximos 18 anos, antes que você entre em colapso e afogue-o na banheira de casa, calma, separamos algumas dicas no nosso incrível manual para pais retardados, divididas em 10 categorias:

  1. Seu neném está cagando sangue ou é apenas a vitamina nojenta de beterraba?
  2. Palhaços são assustadores, não amigos.
  3. Exibir vídeos de seus filhos pelados no banho hoje é o que os torna psicopatas amanhã.
  4. Depressão pós-parto ou Porque não abortei?
  5. Masturbação: Não precisa ensinar, acontece naturalmente, por Deus, qual é o seu problema?
  6. Sexo com o motorista nunca mais.
  7. Comer a empregada também não.
  8. Fingindo felicidade no Natal.
  9. Filho, a mamãe tem AIDS, e você também! – Como usar a delicadeza a favor das descobertas do seu filho.
  10. Da trepada ao fazer amor: Como pais devem fazer sexo dentro de casa?
Postado por Marina | Categorias: Crônicas, Marina
POSTS Relacionados

Este post tem 5 comentários

  1. nunca entendi essa psicose de 98% das pessoas. nunca tive trauma nenhum em relação aos meus pais transando. e meus pais são separados desde que eu tinha 4 anos, ou seja, nunca ouvi um com o outro.
    todo mundo transa. eu transo, você transa, seus pais transam. não há nada mais natural. por que traumatizar logo com isso?

    Comentário por raos @ 22/10/10 - 9:25
  2. Na teoria é lindo pensar isso, mas na prática não é bem assim não…. haha

    Comentário por Marina @ 22/10/10 - 14:24
  3. meu deus, eu ainda lembro a primeira vez que eu escutei barulhos inicialmente não-identificados vindo do quarto dos meus pais. naquele dia eu estava com muita insônia pq eu tava de recuperação na escola e não sabia como fazer essa revelação a minha família.

    Foi aterrador ouvir minha mãe gemer feito uma “vocalista” de banda de forró de décima oitava categoria… A-TER-RA-DOR!

    Comentário por Annie @ 24/10/10 - 16:20
  4. Mari, isso me fez lembrar um certo comentario no twitter HAHAHAHHAHA
    eu abri a porta do quarto a noite quando tinha uns 8 anos mais ou menos, traumatizei! Depois desse dia nunca mais entrei em lugar nenhum sem bater na porta antes kkk

    Comentário por Andrea @ 26/10/10 - 22:47
  5. e por iso memo cara eu tenho visoes do meu dindo fudendo minha mae mas tipo e aterrador e de contrnge mas e normal por mim sexo anal oral vai veer e normal os pai gosta de trepa mas eu vo come minha mae antes diso :D

    Comentário por pedro tenho 8 anos @ 22/09/11 - 17:23
*Nome
*Email
Site/Blog/Url
Mensagem
* Campos obrigatórios