Corra Mary
10 jun 2008

A diferença entre homem e moleque

“All brawn and no brain made these guys too lame.”

Ao nascerem, os menininhos bonitinhos, fofinhos e com cara de joelho, deveriam levar mais do que uns meros tapinhas no popô, para aprenderem que depois dos 20, é hora de ser homem de verdade.

Com o tempo, a participação dos homens na vida de um ser do sexo feminino muda da água para o vinho:
- No começo não há nenhuma diferença entre os dois. São bebês que interagem até com a samambaia da casa da vovó. Botando tudo na boca, desde brinquedos, ao pé do coleguinha.
- Depois acontece aquela misteriosa separação. Onde começam a perceber que os meninos tem piupiu e as meninas piriquita, e por isso uns brincam de carrinho, e outras de fazer comidinha na super-cozinha-de-plástico-cara-pra-caralho-da-Eliana.
- Aí então alguns anos mais tarde, as meninas pegam aversão aos meninos. Lembro que quando eu tinha lá pelos meus 10 anos, adorava puxar cabelo de menino e dar tapas aos berros “Pára, Fulano!”. Não importava muito o que o menino tinha feito, me chamado de bocó, ou qualquer coisa do tipo. Tudo era motivo para porrada.
- E é um pouco depois dessa fase que começa uma transição de arrepiar qualquer chiquitita-do-passado.
Quando a antiga menininha descobre que a melhor parte do Ken foi cortada na fábrica, pode ter certeza, é aí que os problemas estão traçados.

A primeira vez que o seu coraçãozinho é quebrado é inesquecível:
Você tem 12 aninhos, acabou de menstruar e não entende muito do universo masculino.
Um belo dia, aquele garotinho da sua sala que você sempre suspirou pelos cantos, te rouba um beijo atrás da porta da Escolinha Carvalinho Feliz e você fica nas nuvens. Brinca no seu quarto que as suas bonecas são os filhos que vocês terão e escreve o nome dele dentro de coraçõezinhos na contra-capa de todos seus livros.
Até que num dia na educação física, você o vê atrás do gol, beijando a loirinha da sétima série.

Você fica a-r-r-a-s-a-d-a e descobre o amargo gosto da decepção.

E depois disso é só porrada atrás de porrada. Pra dizer a verdade não é só a primeira que é inesquecível não. A segunda, a terceira, a quarta e todo o restante também são.
Cada uma com suas acrobacias, desculpas e mentiras deslavadas particulares e cada uma mais criativa que a outra.

Mas você sempre atura, pensando que eles são muito novos e que depois dos 20, os moleques viram homens. E aí você se depara com típicos moleques cheios de barba na cara, e percebe que todos os seus conceitos vão por água a baixo.
É, minha amiga, aquele cara que te tirava o fôlego, não passa de um moleque babaca brincando de ser homem.

Esqueceram de ensinar a eles que ser homem não é só ter um treco balançando entre as pernas. Não há nada de glamuroso em virar piada nas conversas do vestiário feminino.

 

Postado por Marina | Categorias: Crônicas, Marina
POSTS Relacionados

Este post tem 11 comentários

  1. Eles crescem e inúmeras vezes agem como meninos, se viram moleques, o melhor é tirá-los de vez da jogada. Continue buscando o cara, porque a qualquer momento, uma dessas criaturas deliciosas viverá com vc uma bela história e depois de descobrir que ele não é perfeito (nós somos!!!), vc terá de aprender a jogar para continuar sempre no jogo.
    Bjos

    Comentário por Leonorzinha @ 14/06/08 - 11:16
  2. sabe que depois de 3 anos e bolinha de namoro eu ainda escrevo o nome dele nos cadernos que nem uma pirralha retardada de 12 anos? Paixão É uma coisa completamente retardada. Mas enquanto eh reciproca é gostoso.

    Comentário por Gabi @ 02/07/08 - 5:43
  3. A paixão emburrece o ser.

    Comentário por Corra Mary @ 18/10/08 - 17:04
  4. ….NOSSA….lendo isso parece q passou um filme na minha cabeça….

    é bem real isso..parece q nos crescemos bitoladinhos em ser ‘a dona de casa’ e o homem o chefe….

    a parada é terq saber se impor sabe pq? eu percebi nesses longos anos da minha vida (falou a ancia rs) q o q o homem realmente procura numa mulher é akela que se pareça o mais proximo possivel de sua mãe….
    Uma mulher q dite as regras, e q ele ‘tema’….tema no sentido de respeito, e naum de medo….

    e aiii..tudo fica às mil maravilhas…
    até ele se dar conta q….ele ta ‘comendo a propria mãe’, e desencana…esse problema eu ainda não cheguei ao nivel de resolver…mas sabe?….aproveito enqnto ta bom, pq não aidanta…elses nunca estão contentes mesmo

    Podem amar o brigadeiro…mas vão na festa q kerem comer o beijinho, o cajuzinho, pq o q vale pra eles no momento é quantidade em vez da qualidade.

    Por isso q eu gostoo de ghomem novinho..é mto mais facil de dominar…rs

    Comentário por Camilinha® @ 18/10/08 - 17:10
  5. hahaha!
    bom texto, mas não se esqueça que existem exceções
    e nem precisamos ter 20 anos para sermos Homens de VERDADE!

    ;D

    Comentário por Henrique Nóbrega @ 11/07/09 - 21:36
  6. Vamos ao outro lado da moeda, 95,6 % das mulheres não sabem identificar um homem, não sabem separar quem é homem e quem é moleque , aqui tem um texto meu de 3 anos atrás.

    Homem é tudo igual?
    Não. Moleque sim esses são todos iguais. Pena que muita mulher nunca esteve com um homem pra saber a diferença. Coitadinhas é até engraçado como elas não sabem lidar quando conhecem um. Como diria Pascal: “A medida que se tem mais espírito, acha-se que há mais homens originais. As pessoas comuns não acham diferença entre os homens”.

    Comentário por Bruno Fragoso @ 14/03/11 - 22:39
    • quando uma menina encontra um homem, ela deve virar mulher para merecer caminhar ao seu lado.

      Comentário por Karina @ 09/08/11 - 20:58
  7. Conheço caras de trinta com a mentalidade de quatorze.
    E caras de dezoito com a maturidade que esses de trinta deveriam ter. São raros, mesmo assim.

    Comentário por Thais Santarosa @ 25/07/11 - 14:51
  8. Sabe ja passei mto por isso e realmente eh como se fosse o filme da minha vida..
    mtas vezes deixamos nos iludir pela idade porq vivem a nos dizr q jamais q um M-U-L-E-Q-U-E de 17,18,19 anos vai ser capaz de assumir vc.. E eh ai que entaum decidimos procurar alguem com mais esperiencia ,alguem com mais idade,E foi em uma dessas q eu percebi que maturidade,educacao,respeito e mtas oitras coisas naum esta no numero de aniversario q vc ja fez e sim na capacidade q vc tm de ser um HOMEM de vdd sem precisar tr seus 30 ow 40 anos.. Homen noaum se veh pela idade e so pra finalizar hj mais q td eu acredito q vc conhece um homem vendo-o como ele trata a sua mae e conhecendo as ex dele.. pq naum basta ele te falar procure conhecer mais sobre a vida dele no passado.. Pode crer isso funciona.. :( (

    Comentário por Pamella @ 21/09/11 - 10:43
  9. na boa, pra ser homem nao precisa ter mais que 20 anos, eu queria amar alguem e alguem q me ame, mas olha pra vc ver, nao sou feio assim, so tive uma namorada, mas ela terminou comigo e ficou com o primeiro vafageste mulherengo. Sempre tive seriedade e respeito, mas mulher n da valor nisso, e pisa parecendo tapete, mulher so da valor qd sofre muito, so q ai ja e tarde, os muleke aproveita e o resto fica pros homens? O q n falta e amiga minha reclamando pra mim e dizendo ‘ pq eles n sao como vc?’ a resposta e simples, se fossem igual a mim estavam so, igual a mim, ai qd o cara ja fez oq qria elas me procuram, ai e tarde. Sou legal, mas n bobo,

    Comentário por Lazaro @ 18/01/12 - 1:11
  10. Um homem de verdade é aquele que assume seus erros no passado e sofre com eles aprendendo, além também de ter o caráter emocional de poder sentir as decepções que causou nas outras pessoas, sejam homens ou mulheres, e que acima de tudo, não tem medo do que possa acontecer com sua vida daqui para frente, ele só deseja o bem para todos, inclusive para aqueles que chateou, e torce para que tudo dê certo.
    Sabe qual é a verdadeira masculinidade? Aquele homem que ajuda a sua mulher no trabalho todos os dias, que ajuda nos serviços de casa, que sonha talvez em ter seu próprio negócio, que luta por uma vida melhor, que não tem medo de arriscar, que tem fé, e que conquista a mesma mulher todos os dias, por que a verdadeira mulher pode até se decepcionar uma vez ou outra, mas sabe que quando se trata de amor, não há nada que o tempo não concerte, há perdão, e não julgamento.
    O que vi nesta matéria foi uma desvalorização aos homens, como se eles não merecessem o aprendizado.

    Comentário por Ramon @ 15/02/12 - 3:37
*Nome
*Email
Site/Blog/Url
Mensagem
* Campos obrigatórios